Fui morar na roça

sábado, 15 de maio de 2021

Salmo 23

Salmo 23 - completo 1. O Senhor é o meu pastor, nada me faltará. 2. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. 3. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. 4. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque Tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. 5. Preparas uma mesa perante a mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. 6. Certamente que a bondade e a misericórdia divina me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias. O Salmo 23 (ou, pela numeração da Septuaginta, o Salmo 22 não padronizado de acordo com biblia judaíca) é atribuído ao Rei David, conforme a tradição judaica, David teria escrito este salmo quando estava cercado num oásis, à noite, por tropas de um rei inimigo, daí o Salmo inserir tamanha confiança na Providência Divina contra os inimigos o salmo é orado para pedir a Deus forças contra os perigos e perseguições, sendo uma das orações mais poderosas. Alguns especialistas judaicos afirmam que há elementos cabalísticos em sua recitação em hebraico. É considerado o mais conhecido salmo bíblico. Uma das possíveis traduções para o português é: David era o irmão mais novo, entre os numerosos filhos de Jessé. O pai escolheu-o para pastor. O jovem pastor David, segundo o relato bíblico do livro do profeta Samuel, quando inspirado por força divina, matava as feras para defender as ovelhas do seu rebanho. Daí a forte referência pastoril em "O Senhor é meu pastor" no original hebraico é: YHWH (Em português Jeová) é meu apascentador. Existem várias referências ao pastor e às ovelhas na Bíblia, sendo interessante pensar nas condições e locais da época assim como as ferramentas do pastor: águas de descanso - São as águas do rio da vida que emana do trono de Deus, entrar no descanso preparado para os fieis. vara - usada para enfrentar e afugentar animais selvagens. cajado – usado para puxar as pernas das ovelhas quando se prendem ou içá-las quando caem. óleo – azeite usado para tratar os ferimentos das ovelhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário